domingo, 24 de janeiro de 2010

Esta Noite

Se o teu olhar me iluminar e o calor da tua mão me aquecer a voz. Se o teu beijo me falar ao coração eu não quero mais fugir. E de tudo o resto é somente isto do que preciso.
Amor. Meu amor.
Sem promessas, apenas preciso de agarrar a tua mão e sentir a brisa do vento que vem de Norte a ir de encontro ao meu peito. Esquecer. Tudo menos as memórias de nós os dois.
Se os meus pés não sairem do chão e a minha voz não for suficiente forte para se ouvir, promete apenas olhar para mim e compreender. Sentir o bater do coração. Apenas sentir o que (me) vai na alma. Nada mais. Apenas isso.
Esta noite. Aqui - apenas e para sempre - nesta noite, preciso da tua presença. O abraço forte e interminável. O brilho em cada olhar e o amor tão forte e seguro do teu coração.
E mesmo que o tempo não pare, apenas quero ficar aqui - nesta noite. Fazer as coisas que amamos. Quero permanecer apenas no tempo, contigo. Meu amor.
Se o teu olhar me iluminar nesta noite apenas preciso de segurar a tua mão com a força suave do meu amor.
E olhando bem fundo no teu olhar, vejo - quando o dia se torna noite - o meu futuro. Contigo e com a tua mão sobre a minha.
Se o teu olhar me iluminar - esta noite - não vou querer fugir mais. Apenas preciso de ti, esta noite.
Sem promessas, serás sempre a minha unica razão.
Meu amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário